terça-feira, 4 de março de 2014

Trânsito

Há dias que o melhor é estar calada. Há dias que o melhor é estar de mãos atadas. Há dias assim. Também há dias que tudo faz sentido. Por esses dias, o sentido faz todo o sentido. Noutros, o sentido invertido, contra mão, proibido, inversão de marcha, stop, cedência de passagem... faz com que o sentido de trânsito seja uma tortuosa via sacra. Estou farta das rotundas! Quero vias rectas! Também quero estradas bem sinalizadas para saber por onde passo e saber quando é melhor sair! Este trânsito sem civismo não dá para mim. Mas tenho de sair. Se a vida não está mais fácil então terei de ficar mais forte. Ainda mais. Muito mais. Buzinas porque não te deixar passar? Nem quero saber... já deixei passar uma vez e fizeste marcha atrás: bateste-me no carro! Acontece... tudo bem! Eu tenho seguro! E tu também! A declaração amigável não está fácil... os dados não estão correctos! Três versões. Três histórias. Uma minha, outra tua e a verdadeira. Lavo as minhas mãos. Estou de consciência tranquila!

27 comentários:

  1. Isso acontece,mas bom é saber que a consciência está tranquila.não? bjs, chica

    ResponderEliminar
  2. É importante termos a consciência tranquila, embora não nos livre de aborrecimentos.

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  3. Achei muita piada, mas infelizmente é mesmo assim, pouco civismo, pouca educação
    mas lá temos que ir levando, beijo

    ResponderEliminar
  4. Um texto bem real escrito com muito humor. Gostei imenso. Obrigada pela tua visita e moramos tão perto. Tentei seguir-te mas algo se passa. Amanhã volto.
    beijinhos
    Canduxa

    ResponderEliminar
  5. Há dias em que a vida enlouquece, gostaríamos de ficar sozinhas, porém, há compromissos inadiáveis que nos atropelam...Bastante realista o seu texto, Ana. Gostei.
    Beijos!

    ResponderEliminar
  6. Adorei passar por aqui, também! Identifiquei-me tanto com este texto... Obrigada! :)

    ResponderEliminar
  7. Adorei sua visita no meu blog, já estou a seguir aqui.
    Tem dias que são complicados mesmo, mas nada paga paz e uma consciência limpa.
    Importante não é o que pensam de vc mas o que Deus pensa.

    bjokas =)

    ResponderEliminar
  8. Que bom teres aparecido! Eu estive cá em Fevereiro, mas depois disso só agora há novo post. Já sou tua seguidora desde essa data.
    Aparece por lá sempre que puderes. Eu virei também.
    Gostei muito do teu texto. Há alturas na vida em que apetece "sair de fininho". Acontece com toda a gente. Mas com o tempo tudo se compõe.

    Bom fim de semana.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  9. Olá Ana!

    Diante de algumas dificuldades o importante e segurar na Mão de Deus para superar pequenos obstáculos. E após vencer mais uma batalha, bom mesmo é o recolhimento .
    Fique com Deus e um ótimo finde procês.

    ResponderEliminar
  10. Um belo texto no qual o trânsito das palavras é bastante fluído.
    Gosto da tua escrita "desembaraçada", Ana!...:-)
    xx

    ResponderEliminar
  11. ANA,

    é exatamente assim. Tal como fez Poncio Pilatos,lava-se as mãos e os Cristos continuam sendo, uns crucificados outros,nem tanto!

    Um abração carioca.

    ResponderEliminar
  12. Trânsito, sempre ouço dizer: "O trânsito está um caos." Texto bem descrito aqui.
    prazer em conhecer e será sempre ben-vinda no meu cantinho. Também ficando por aqui. bjsss

    ResponderEliminar
  13. E às vezes apetece pensar assim, Ana.
    A pressa, a intolerância com aquela falta de paciência que nos tira do sério.
    ...Mas os inteligentes pensam assim. Não vale mesmo a pena estremecer a nossa emoção com causas que pensamos ser "menores"
    Gostei mesmo
    Beijinhos!

    ResponderEliminar
  14. .

    .

    . há dias que sucumbem súbitos . logo à nascença .

    .

    . beijo .

    .

    .

    ResponderEliminar
  15. Olá Ana!

    Passei para desejar uma Feliz Páscoa!

    Saudações de Paz.

    ResponderEliminar
  16. Dá vontade de dizer: seria cómico senão fosse trágico.
    Enfim...
    Feliz Páscoa!

    ResponderEliminar
  17. Olá, Ana
    Hoje estou passando apenas para desejar um muito feliz Dia da Mãe.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  18. Grandes palavras ;]
    Obrigada por sua visita mais recente também,adorei.
    Beijos!

    ResponderEliminar
  19. Pois é, vivemos dando trombada nas coisas que nos desagradam. Será que temos que aprender a conviver com tudo? Não sei. Tb tenho muitos questionamentos nesse trânsito frenético. Muita paz!

    ResponderEliminar